Não te esquecerei um dia

Hoje queria escrever sobre você meu filho.
Vejo o tempo passar tão rápido e ao mesmo tempo tão devagar e doloroso, não sei se quero que ele passe. O meu corpo já está voltando ao que era antes de você, meu peito já não tem mais leite, e já consigo abrir a janela do quarto e sentir vontade de viver… Confesso que andei procurando a morte nesses dias escuros, que quis ficar sozinha, não senti vontade de acordar. Eu não queria viver sem você, até que não aguentei e chorei, gritei, eu deixei a dor entrar e me permeti sofrer.
Como foi difícil voltar pra casa sem você, como eu lamentei continuar viva, eu sonhei tanto com a tua chegada, eu mudei tudo pra quando você chegasse eu ser só sua. Me sinto vazia, sem brilho e me pergunto todos os dias porque é que eu ainda tô viva… os dias vão passando, as pessoas já não me escutam mais, não querem que eu fale de você, dizem pra mim ocupar a cabeça com outra coisa, pra seguir a vida, pra ter outro filho quem sabe, só não querem que eu fale sobre você, dizem que te faço mau assim.
E porque não falar de você? Você me trouxe tanta coisa boa, me ensinou a amar de verdade, a ter calma, a esperar, eu contava os dias e horas pra sua chegada, quando alguém me perguntava eu falava com os olhos brilhantes sobre você, da bagunça que fazia aqui dentro, eu via uma mãe com seu bebê e imaginava que logo seria eu com você aqui nos meus braços…
No final da gravidez, eu evitava qualquer assunto sobre mães que perderam seus bebês, eu tinha tanto medo, eu falava pra minha amiga dos meus medos matinais, de como esse assunto estava sempre aparecendo agora, mas eu não podia pensar nisso, eu precisava estar forte pra quando você chegasse, você já tava chegando e já tava quase tudo pronto e eu tava tão feliz, não podia ficar com esses pensamentos negativos.
Eu fiz tudo certinho pra você, todas as consultas, exames, remédios, repouso, sono, nada de estresse, nada de brigas… a onde foi que eu errei?  Só é essa pergunta que não sai da minha cabeça e acho que nunca vai sair. Você sabe filho, você sabe do quanto eu tô tentando seguir, só que tem dias que eu não consigo, e nesses dias eu te peço, me ajuda, a mamãe só precisa de você.
Quando fui pro hospital pra finalmente poder te conhecer e saber qual seria a minha cor e cheiros preferidos pro resto da vida, e o médico me disse que seu coração não estava mais batendo, eu senti que o meu também tinha parado ali por alguns instantes. Eu não conseguia acreditar que você não estava mais comigo, como, onde, porque meu Deus?!!! Eu não tive nem forças pra te pegar no colo, eu não conseguia nem te olhar, eu entrei em choque e me perdoa por ter sido tão fraca ali, tava doendo tanto que eu não consegui nem pensar que aquela era à última vez que eu ia te ver, na verdade era a primeira.
As vezes quando ta doendo muito eu pego a luvinha que eu e seu pai compramos quando descobrimos que você era um menino, esse dia foi um dos dias mais felizes com você aqui dentro, eu, você e seu pai… iríamos guardar essa luva pra sempre, e no futuro a gente iria te contar de como esse dia foi maravilhoso. E hoje me encontro aqui, agarrada à essa luva, a única coisa que me deixa mais próxima de você.

A mamãe sente uma dor insuportável em viver sem você, mas quero que saiba, que vou viver por você. E nunca, nem por um segundo eu vou esquecer de você, um dia eu vou te encontrar ai no céu, e vou te encher de beijinhos e finalmente te abraçar e sentir seu cheiro. A onde for, a onde eu estiver, eu sempre serei sua mãe Pedro e eu sempre irei te amar. Com todo amor e carinho eu dedico essas palavras a você, e saiba que aqui nunca vai te faltar amor.

“Não te esquecerei um dia,
Nem um dia
Espero com a força do pensamento
Recriar a luz que me trará você.”

Relato da Cristiane dos Santos – mãe do Pedro
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s