‘Enquanto eu respirar vou me lembrar de você meu primogênito amado!

Segue meu relato…
Com essa dor da perda, resolvi fazer um blog para ajudar tbm as mãezinhas que assim como eu estão sofrendo muito
Será que é possível pedir que a mãe que sentir vontade de compartilhar seu relato comigo pode enviar junto foto se preferir para layaracf@gmail.com e estarei postando no blogdalayara.com
Pré-eclâmpsia DHEG (Doença hipertensiva específica da gestação)
Minha história começou no dia 02/06/2016, quando peguei o resultado do meu Beta HCG, uma alegria inexplicável, logo marquei minha primeira consulta do pré-natal, estava de 4 semanas, eu e meu esposo estávamos extremamente felizes, contávamos os dias e os minutos para irmos as ecografias, e as consultas… Logo na primeira ecografia foi identificado que as minhas artérias uterinas estavam alteradas, na consulta meu GO receitou ASS infantil e passamos a acompanhar, sempre estive muito bem, nenhum sintomas que viesse me preocupar o tempo foi passando e percebi que estava cada dia mais inchada, era a minha única preocupação, porem, depois das 24 semanas de gestação as artérias uterinas já tinham sido normalizadas, então fiquei tranquila, e sempre estive muito bem, apenas muito inchada. Com 32 semana tive meu primeiro pico de pressão alta (14’9) e o GO já entrou com medicação para pressão. E passei a fazer os exames todas as semanas para controlar as plaquetas do sangue e sempre medindo a pressão, tudo normal nos exames e no controle da pressão, neste momento já tinha engordado (inchaço) 30kilos, continuei trabalhando, me sentindo pesada porém bem clinicamente até que na 35+2, numa quinta-feira tive outro pico de pressão 15’10, meu GO encaminhou para maternidade e repitimos todos os exames, e foi identificado que as plaquetas do sangue estavam caindo, meu GO pediu para que repetisse os exames na segunda feira, a intenção era acompanhar repetindo diariamente. Na segunda feira dia 9/1/2016 com 35+6 quando fui realizar novamente os exames as plaquetas estavam no limite e meu GO imediatamente solicitou meu internamento, no mesmo dia fiz ecografia e ecotoc e estava tudo bem ouvi o coraçãozinho do meu DAVI normal. Estava bem e tranquila, aguardando a visita do meu GO no quarto do hospital. Enquanto isso jantei, pois não imaginava que meu pesadelo começaria naquela noite, quando meu GO chegou e foi me examinar tivemos dificuldade para ouvir o coração do meu anjinho, imediatamente ele percebeu que o bebê estava em sofrimento, e iniciava o processo de pré-eclâmpsia, precisando ir para cesárea de emergência, mesmo tendo jantado.
No momento da cesárea meu esposo permaneceu o tempo todo do meu lado acompanhando o procedimento cirúrgico e a evolução da horrorosa pré-eclâmpsia DHEG (Doença hipertensiva específica da gestação) que levou o meu anjinho e ocasionando o descolamento da placenta com hemorragia interna, fazendo meu bebe nascer sem batimento cardíaco, precisando ser reanimado, tive muito sangramento interno, correndo grande risco de vida e de evoluir para eclâmpsia, fiquei 6 horas no centro cirúrgico aguardando a recuperação de todos os órgão. Saindo do centro cirúrgico, recebemos a notícia que nosso anjinho Davi tinha tido outra parada cardíaca e não resistiu… A tristeza e angústia tomaram conta dos nossos corações Davi será sempre nosso anjinho guerreiro que lutou todos os momentos, nosso amado primogênito.

❤️Papai e mamãe de anjo, filho, sempre amaremos você nosso anjinho, você levou um pedaço dos nossos corações ❤

Relato enviado pela mãe Layara

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s