Carta do pai que perdeu a filha

image2

Eu estava relutante em escrever, ainda estou.
Aqui parece que eu sinto mais a presença dela(estamos de férias na Paraíba, na casa da minha mãe)
3 meses desde que a Chiara morreu.
Eu nunca assisti a um parto, o primeiro foi o da Chiara.
Nos dias que antecederam o parto eu andava na rua quando ia comer e parecia um zumbi, tudo em minha volta não fazia sentido, nada fazia sentido, eu não estava acreditando no que estava acontecendo.
Cada segundo desde a ida ao hospital.
O hospital que escolhemos, já estávamos fazendo planos pra conhecer as dependências do hospital, dessa vez tínhamos condições de escolher o hospital que a nossa Chiara ia nascer e você ter um parto digno, ser tratada com respeito, mas tudo em vão…
Nossos planos terminaram naquele dia…
O pior fim de semana das nossas vidas.
Uma eternidade pra ver você entrar em trabalho de parto.
Assistir tudo pela primeira vez..
Sabendo que nossa filha ia nascer morta, você acredita que eu estava fazendo oração pedindo a Deus pra ser tudo mentira?
Pra quando chegasse a hora do parto ela nascer viva..
Foi quando ela nasceu e eu escutei o seu grito, ali caiu um pouco a ficha.
Realmente ela nasceu morta. No primeiro momento não queria vê-la perguntei pra você, mas continuei em oração e Deus tocou em mim pra ver minha filha. Mas foi tudo rápido,a enfermeira mostrou nossa filha naquele saco, ela não demonstrou um pingo de sentimento, que dor, e você ainda estava sofrendo, perdendo sangue, desmaiou, imagina minha cabeça?
Quem socorreu você no banheiro fui eu, o pessoal do hospital já estava atendendo uma mãe ganhando neném.
Dali em diante até hoje tentei ser um cara forte, mas o coração despedaçado, escutando “vocês são jovens, vão ter outro”
Graças a Deus, tivemos a oportunidade de fazer o melhor possível pela nossa filha, você fez aquilo achando que foi alívio pra você, foi um alívio pro meu coração também.
Vi e conversei com nossa filha com calma,deixei ela ir, minha filhinha que amo muito.
Pra todos é isso “vocês são jovens” eu até entendo algumas pessoas, mas a melhor coisa é até nem falar nada, porque Chiara só tem uma.
Foi passando os dias e estava estampado na cara das pessoas que sabiam, um descaso.
Ninguém passava segurança pra eu desabafar, quando perguntavam era só pra saber como você estava, eu ali trabalhando, tentando levantar a cabeça, às vezes ia pra minha sala chorar, sozinho.
Quando cheguei aqui na Paraíba me senti confiante, aquela confiança que precisava onde moramos que não consegui encontrar, encontrei aqui, estava estampado no rosto de cada amigo e parente meu, o apoio, falei duas palavras com um amigo e ele já me deixou a vontade pra desabafar, falei pra ele a dificuldade de encontrar um amigo pra desabafar.
Até o céu daqui fala comigo, não sei porque.
Lá, naquela correria toda eu não queria deixar a peteca cair, a ficha ainda não tinha caído.
Viu como aqui as pessoas se importam com ela? Reparou na reação das pessoas quando viram ela?
Ela não é amada só por nós. Isso me deixa feliz e em paz.
Lá as pessoas nos chamam de loucos, manda, a gente esquecer e deixá-la em paz.
Não vou esquecer o apoio que nosso compadre e sua família nos deram, não vou esquecer nunca na minha vida..
Tenho muita coisa pra falar mas só o tempo, às vezes quando você me ver calado e pensativo estou conversando com Deus pedindo proteção pra nossa família..
Não quero nunca mais passar por isso, prefiro morrer.
Podemos ter até 10 filhos, como sempre brinquei, mas a Chiara vai ser sempre minha quarta filha.
Ninguém vai mudar isso.
Só estou falando um resumo pra você, não é nem a metade do que está preso no meu coração.
Graças a Deus temos uma família maravilhosa que ajuda a confortar nossa dor, se não fosse nossa família eu poderia ter feito uma besteira na minha vida.
Nós não somos malucos…
Somos dois pais apaixonado por nossa caçulinha…
O mundo tá desumano.

Relato do pai Marcio Cristiano de Almeida

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s