Foi um lindo sonho!

11820584_542358735916190_1189471251_nEu fiquei gravida por FIV depois de um longo caminho. Foi uma alegria inexplicável, no primeiro ultrasson já ouvimos os batimentos delas, eram gêmeas, sentia q Deus havia atendido minhas orações em dobro, fui tomada por susto, medo, emoção, amor, muito amor.
Com o passar das semanas meu corpo estava confundindo tudo, ainda não era hora mas minhas meninas estavam pra nascer. Com muito repouso e muitos medicamentos chegamos a 28 semanas, elas nasceram, minhas meninas, eu tv um dia inexplicável. Qual era o meu sentimento? Não sei.
O q uma mãe sente ao saber q deu a luz a dois bbs e uma não sobreviveu ? Acho q o dia mais feliz de uma mulher é o dia em q ela dá a luz. Mas como me sentir feliz se havia perdido uma parte de mim e a outra parte estava correndo risco? Minha primeira pequena, morreu no parto, sentia  meu peito queimar de dor, mas a minha segunda me manteve forte, precisava focar na filha q Deus me deixou. Acontece q sofrimento não tinha acabado, 5 dias depois minha segunda pequena tbm se foi, e me deixou uma dor descomunal, foi muito difícil vivenciar essa dor. Nunca pensei um dia me sentir tão destruida, é tudo muito cruel, a casa preparada para receber bbs q não virão, o corpo produzindo leite sem ter um bb para alimentar. Como pode? Eu sou mãe e nunca troquei uma frauda.
Diferente da maioria dos relatos, eu nunca tv segurança, em toda a gestação eu me sentia com medo, o médico me tranquilizava mas eu sabia q havia algo errado, eu sofri muito em toda gravidez, tanto física  quanto mentalmente, mas msm assim eu sonhei, sonhei muito com o dia q elas finalmente estariam em casa, e eu poderia dizer q msm com todos os percalços, no final deu tudo certo, q aquele medo era coisa da minha cabeça.
Tudo q tanto temi aconteceu, não estou mais grávida e sem minhas meninas nos braços, um vazio, uma tristeza e aquela sensação q ser mãe não é uma coisa q Deus quer pra mim.
Sei q sou mãe das minhas meninas, e que nunca esquecerei disso, mas queria muito ter tido a oportunidade de cuidar de um Bebê, beijar, ninar, ser alguem de quem ele depende.
Minha menina nem sentiu meu toque, na neonatal, não pude nem ver direito, ela ficava com aquela venda nos olhos, só me lembro dos dedinhos compridos como os do meu marido.
Minha outra menina eu nem vi direito, não me mostraram e eu tbm não quis pedir, tv medo.
Queria deixar tudo para trás,  pensei q esquecer ajudaria, q seguir a vida me faria esquecer por completo
Engano meu, nunca esquecerei, sempre serei uma mãe q perdeu duas filhas lindas.Q não foi capaz de dar a segurança do meu útero pelo tempo q elas precisavam.
Sinto ao mesmo tempo um amor e uma dor do tamanho do infinito.

Depoimento anônimo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s