Tenho um anjinho no céu cuidando de mim!

Oi…

Sou Tercina Alves…

Tenho 29 anos e sou casada a 4 anos com Wagner, um homem incrível, amoroso, cuidadoso, de coração imenso e que tem o sonho de ser pai.

Decidimos juntos que havia chegado a hora de termos um filho, então parei com os anticoncepcionais em novembro de 2015 e para nossa surpresa e alegria tinha um bebe dentro da minha barriga em janeiro de 2016. Essa é uma notícia que muda sua vida, seus planos, seu futuro, suas responsabilidades, enfim você começa a ver o mundo de outra forma e todos os segundos do seu dia são feitos para pensar e planejar os detalhes dessa nova vidinha que chegará… Fiz a primeira consulta e o médico me confirmou que eu estava realmente grávida, mas que ainda era cedo para ouvir o coraçãozinho do meu bebe. (Não deu tempo de ouvir) Voltei para casa e estava vivendo e trabalhando normalmente, até que um sangramento começou a me assustar um pouco, voltei ao médico, que me receitou um remédio e repouso total, porém a notícia que nenhuma mãe quer ouvir… “mãe, seu bebe pode não se desenvolver, pois estou vendo na ultra uma má formação que poderá se encaminhar para um aborto espontâneo.” O que pensar e/ou fazer depois de ouvir isso? NADA. Tudo parou, acho que até a minha respiração, por uns segundos, me calei e voltei para casa, o silencio era gritante em meu coração e ao chegar em casa chorei como nunca havia chorado em toda a minha vida. Uma dor que não se explica. E eu não conseguia pedir a Deus que realizasse um milagre e que na próxima consulta a notícia fosse outra. Não! Eu só rezava e pedia pra que a vontade de Deus se realizasse nas nossas vidas. Fiquei de repouso absoluto, mesmo assim, uma semana depois começou um sangramento muito forte e eu sabia que não seria nada bom, fui para a emergência e estava com o colo do útero aberto, estava perdendo meu bebe, mais uma vez eu chorei desesperadamente e sentia uma dor sem tamanho, meu marido tinha que ser forte por nós e ele foi, ficou o tempo todo ao meu lado, mesmo sem poder entrar na maternidade, não saiu um minuto de lá. Tive que fazer curetagem, e assim foi feito. Não quis saber o sexo do bebe, quero lembrar da minha primeira gestação como um anjinho, sem sexo, alguém feito com muito amor e que viveu o tempo necessário e nesse tempo foi muito amado e nos ensinou um amor sem tamanho.

Costumo dizer que Deus não me deu um anjo pra eu cuidar, mas um anjo pra cuidar de mim. Tenho uma força enorme dentro de mim e a certeza de que a minha família crescerá logo logo, sei que Deus é perfeito em tudo que faz e os planos Dele para nossa família são os mais bonitos.

Grata,

Tercina.

Anúncios

2 comentários em “Tenho um anjinho no céu cuidando de mim!

  1. Ola meu nome é Cláudia…
    Tenho 33 anos e já vou no meu segundo aborto…outubro do ano de 2016 soube que estava gravida de 5 semanas ainda não dava para ouvir o coração do meu bébe, mas sua presença para mim já era mais que querida..meu médico me colocou De baixa de gravidez de risco visto eu ter muitas dores…saí do consultório pensanado que ia passar com o repouso…mas não… Três dias depois eu fui para o hospital, com dores horriveia, o medico do hospital disse que era impossível estar gravida, pois o meu teste de gravidez estava errado segundo o hospital! Disse que estava sim gravida e k tinha feito análises de sangue e que deu positivo e que tinha estado com medico…enterromperam e disseram que não podia ser , então me fizeram analises de sangue e passada meia hora disseram que o teste era inconclusivo,que eu fosse para casa pois o que eu tinha era uma infeção urinária e uterina, passaram medicação e lá fui eu destroçada, telefonia o meu medico e contei a situação e ele disse para fazer a medicação e fiz…passado dois dias voltei ao hospital com perda de sangue e já estava a perder o meu bébe…mais uma vez apanhei o mesmo médico (sorte a minha) que não era bébe e sim o período… Telefones ao meu medico e lá fui eu a consulta e na ecografia mostrava que o meu utero já estava vazio, visto que já tinha feito uma ecografia e vi o saquinho do bébe, nesta ultima já não vi nada. Fiquei revoltada com os médicos, fiquei revoltada comigo mesma, e com deus, perguntei a deus o porque de me dar está dor? Passei mal e tive que consultar um medico e tomar antidepressivo. Passado seis meses soube que estava gravida, oh que alegria, ja ouvi o seu pequeno coração, oh sim, agora sim as coisas iam correr bem, mas… Dez semanas depois um corrimento, fui ao hospital, dei entrada nas urgencias, fiu examinada e disseram que não havia sangue, disse UFA que alivio foi um susto, mas na mesma fizeram uma ecografia para ver o bebe como estáva…e bomba…o seu bebe só tem sete semanas, não houve desenvolvimento, o seu bebe não tem batimento cardíaco… Esta morto.. A já duas semanas. Com desgosto sai do hospital com quatro comprimidos na mão, meu marido esperava por mim na sala de espera, olhei par ele e ele para mim e Abanei a cabeça “que não”…abracamo-nos e choramos mesmo ali. Para nós não havia ninguém ali….já fez um mês e retomei ao trabalho, mas para mim é uma luta, tenho uma filha com dez anos e é uma mulherzinha que me dá força apesar de ela já ter perdido dois irmãos…

    Claudia vieira

    Curtir

    1. Ola Claudia, lamentamos demais pelas suas perdas e entendemos a sua dor. Conte conosco, querida. Aqui encontrara suporte e acolhimento.
      Voce gostaria que o seu relato fosse publicado na nossa fanpage e no nosso blog? Se sim, voce pode envi’a-lo para o nosso email: contatodolutoaluta@gmail.com junto com uma foto (ou imagem) e um titulo, que gostaria que fossem publicados com a sua historia.
      um forte e carinhoso abraco
      Raquel – equipe Do Luto `a Luta

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s