Será que existe palavra para definir a perda de alguém que nem conheci

Olá, Me chamo Thais tenho 27 anos e passei por 07 perdas gestacionais e não desisti .
Acho que quando nascemos já temos um caminho a seguir cada um tem um propósito no mundo, uns casam tem uma família grande só que não se acham completos falta algo, outros nascem e moram com os pais e tem uma vida longa e outros  nascem para curtir a vida conhecer lugares,países e pessoas diferentes outros nascem com o objetivo de ter um emprego bom um carro do ano e outros  tem uma passagem breve nesta vida e outros nascem com um objetivo de ser mãe e essa sou eu .
Passei por 07 perdas,nenhum chegou a nascer mais cada um tinha o caminho a seguir não conheci nenhum mais em mim existe algo como se eu conhecesse cada um deles e cheguei  imaginar o rostinho de cada um já me imaginei correndo e brincando com todos eles é como se eles estivessem presentes na minha vida sem ao menos eu conhece-los .Abriguei em minha barriga durante algumas semanas,que ainda não se mexia mais eu sabia que tinha alguém ali comigo que iria precisar de todo amor e carinho do mundo, não podia toca-lo , nem vê-lo mais aquela presença existia, e depois de algumas semanas sumiu, mais deixou em mim algo muito bom a gratidão e a esperança .
O modo como os fatos aconteciam me dava a sensação que o processo da minha vida seria esse, mais algo mudou na minha sétima gestação cheguei até 18 semanas só que novamente não era a hora de realizar meu sonho, foi muito difícil pois cheguei escutar seu coraçãozinho fazer planos escolher os nomes e os presentes começaram a chegar ,descobri que o meu sonho acabava quando fui realizar a ultrassom morfológica infelizmente não havia batimento naquele momento fiquei deitada na cama olhando a imagem do meu filho no monitor assimilando a tal afirmação do Doutor que eu iria ter que aceitar que ali existia um filho que eu não poderia participar de nenhum detalhe de sua Vida que ali tinha sido apenas uma passagem . Me perguntei naquele momento porque ele veio ? apenas para uma passagem não entendia pois não cheguei nem a conhece-lo , mais com o tempo uma coisa ficou obvio que não havia feito um feto e sim ganhado, pois não sou sua dona , não tenho o poder de decidir como ira ser o sentido de sua vida .
Me questionei sera que me sentiria diferente caso a gravidez terminasse da forma tradicional se ele tivesse saído do meu ventre e ido para meu colo , será que pensaria ele me pertence ? Só que essas perdas me fez perceber de que eles não foi meus filhos e sim de Deus pois só o senhor tem o poder de decidir como será o sentido da nossa vida , não é culpando e sim agradeço por estar presente na minha vida e não me deixar desistir, graças a Deus descobri o que tenho e sei que agora meu sonho será possível realizar esses momentos que passei  me trouxe um grande ganho me tornei uma pessoa melhor uma pessoa pronta para amar ao próximo em breve isso irá acontecer .

Agradeço ao grupo por poder contar um pouco do que eu passei e não desistem meninas pois nossa hora vai chegar .

Depoimento enviado pela mãe Thais Ribeiro .

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s