Minha história

Venho contar a história do meu Arthur meu pequeno anjo, me chamo Thay  tenho  27 anos estou passando pela pior faze da minha vida .
Qnd descobri que estava grávida o pequeno Arthur já estava a quatro meses escondidinho no meu ventre , foi um grande susto pois já tenho quatro filhos separada ,foi difícil aceitar me perguntava como ia conseguir cuidar d mais um , fui contar para o pai dele e a primeira coisa que ele me disse é que o bebê ñ era dele, aquilo acabou comigo
Cheguei a rejeitar meu filho e me arrependo amargamente por isso.
Mas logo esse sentimento deu lugar a um grande amor  que tomou conta d mim e mesmo sozinha iria cuidar dele ,estava td indo bem fiz ultrassom e td estava bem ,pelo menos era oq me diziam aos cinco meses ele mechia tanto na barriga que parecia q queria sair ,mas ao sete meses td mudou ele ñ  mechia como antes sentia q havia algo d errado, disse a médica e ela me dizia q tava td bem que os bebês mechem menos no final da gestação e que o coraçãozinho dele batia normalmente , mas eu sentia q tinha algo errado, e td estava sendo preparado com muito amor ,seu berço suas roupinhas ,td com muito amor e carinho,os irmãos dele todos ansiosos pela chegada do Arthur Levy,  no dia 30 de abril de 2016 as dores vieram todo mundo feliz porq  finalmente ele iria chegar .
Fomos até a maternidade estava com quatro dedos d dilatação, até q um médico me disse que meu filho estava sentado ,fiquei assustada o médio me tranquilizou e disse q tem bebe q vira d última hora ,e ele me mandou d volta pra casa e que voltasse às sete para fazer uma ultrassom ,passei a noite com fortes dores, qnd foi as seis da manhã começou a sangrar corremos pro hospital chegando la ainda estava com sete dedos d dilatação se passaram horas e horas e nada, sofri como nunca na minha vida até q a médica virou meu bebê na barriga e ñ demorou nd ele nasceu de parto normal ,mas oq era pra ser um momento feliz se tornou o pior dia da minha vida .
Meu filho nasceu roxo demorou demais na barriga ,
Ñ ouvi seu choro ,ñ vi seu rosto ,ñ pude tocar nele foi direto para uti.
Meu filho ñ respirava nasceu com uma má formação pelo menos é oq eles disseram , me levaram pra uma sala e duas hrs depois veio a notícia meu anjo havia partido, nunca havia sentido uma dor tão grande .
No seu velório a única coisa q eu queria era tirar ele daquele caixão, pegar ele no colo e levar pra casa ,mas ñ era possível .
Ñ consigo entender o porq de td isso acontecer ,choro todos os dias ,é difícil esse vazio q sinto dentro d mim,mas de uma coisa eu sei, o pouco tempo que ele esteve nesse mundo ele foi muito amado muito mesmooo, ele veio pra me ensinar que pra amar alguém ñ é preciso estar presente, ele vive no meu coração, eu fui escolhida para gerar um anjo tão puro que ñ poderia se contaminar  com esse mundo e hj mesmo sofrendo me sinto previlegiada por ele me escolher como mãe.
Obrigada meu Anjo por ter existido em minha vida .
Arthur Levy meu amor além da vida.
Mamãe vai Te Amar pra Sempre 👼❤

Depoimento enviado pela mãe Thay

Anúncios

Um comentário em “Minha história

  1. Boa tarde Thay. Sentimos muito por sua perda, ainda tão recente. Arthur sempre será seu filho, mesmo que não esteja com você. Palavra alguma é capaz de descrever essa dor. Obrigada por dividir sua história conosco. Você não está sozinha. Estamos aqui para o que você precisar. Um forte abraço!!!

    Psicóloga Regiane Cunha Vilela da Rocha – Equipe Do Luto a Luta
    CRP 06/113613

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s