Carta de despedida

Meu Querido Pedro,

Já se passaram muitos meses. Muitas coisas aconteceram. Incrível como a vida anda e anda depressa. Não te escrevi mais, mas você continua aqui dentro do meu coração. Meus novos amigos do Do Luto à Luta publicaram as cartas que escrevi para você. Nossa, quanta emoção! Ver meus sentimentos ali expostos e tanta gente curtindo, compartilhando, se identificando.
Agradeço a todos do fundo do meu coração. Vocês nem imaginam como foi importante para mim me sentir assim, acolhida. A terapia também tem me ajudado muito e o Tempo. Esse sim tem sido fundamental. Cicatriza feridas e nos permite olhar o amanhã. Tenho vivido um dia de cada vez. Alguns melhores, outros piores. Tem os dias que vou ao fundo do poço e os dias que me pego rindo e brincando feliz.
Acho que é assim que funciona a cabeça da gente. Alguns mecanismos de defesa são acionados e a gente vai reagindo. Tem tantas pessoas em volta que amamos e que amam a gente. Acho que não vou te escrever mais….pela menos não tão cedo. Vou seguir em frente. Por mim, por você e por todas essas pessoas que me retribuíram com palavras tão gentis e acolhedoras.
O meu sentimento por você e o que ele representa não pode ser mensurado. Mas acho que pode ser retribuído. E acredito que só se retribui amor com mais amor. E amor clama por vida. E é isso que quero fazer a partir de agora. Viver. E vida chama alegria e alegria tem nome: Pedro. Vou seguir a minha história. A vida nos reserva surpresas. Estou novamente aberta a elas.
Mais uma vez, obrigada.
Um beijo carinhoso,
Bel

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s