Meu Guilherme, Meu guerreiro.!

Bem, já ouvi muito essa frase: “Deus deu, Deus tira, seja feita a vontade do Senhor”. Nesse momento a frase não me conforta porque eu queria meu GUI nos meu braços. Tanto eu quanto ele sofremos muito durante o parto e meu GUI foi guerreiro. Eu moro em Feira de Santana e meu esposo trabalha em Senhor do Bonfim, são 3 hs de viagem de Feira até lá, eu tinha ido passar o final de semana com meu esposo, uma gravidez tranquila eu não sentia absolutamente nada até que na sexta – feira, por volta das 9 da noite,sentir algo escorrer nas minhas pernas quando fui no banheiro, sangue,muito sangue,aí tudo mudou e o  sofrimento começou. Fui ao hospital da cidade e não tinha obstetra para me atender, só olharam pra mim e falaram “você tá dilatando”,e chorando eu gritava “como dilatando, se eu não sinto dor”. Me transferiram pra Feira de Santana, vim de ambulância deitada, sangrando. Cheguei em Feira, fui direto pra um hospital que tivesse UTI neonatal, pois só poderia ter um bebê em um hospital desse porte pra tentar salvar a vida do meu Gui, e assim fomos mais de 8 horas na sala de parto e não sentia contração. Eu já estava toda dilatada, mas a bolsa não rompia. Eu sentia meu GUI chutar e a cada chute as lágrimas se misturavam com o sorriso e a esperança que meu GUI iria resistir… até o momento em que me deram oxitocina e me mandaram fazer força. Uma médica rompeu minha bolsa e meu anjo, meu guerreiro veio ao mundo, lindo e lindo, cabeludo, com 5 meses já pesava 834g! Grande meu menino! A médica gritava seu peso e me falava que ele estava saturando bem,o meu coração gritava de alegria que meu GUI iria resistir e ele resistiu. No meio da noite, ele teve 2 paradas cardíacas, mas resistiu. Nove horas da manhã do dia seguinte, me deixaram vê-lo e, quando entrei na UTI, ele estava sofrendo outra parada cardíaca. Eu Vi tudo. Uma parada de 16 minutos e ele resistiu. Seu papai chegou e juntos entramos na UTI, e juntos tocamos nosso filho vivo, eu chorava tanto, e logo depois que saímos ele teve outra parada e NÃO resistiu. A pior notícia que já recebi. Ainda não me conformo, mas tento procurar forças, meu primeiro filho,minha gestação, tão esperado, tanto amor para dar, mas Deus levou meu guerreiro, pois um anjo de 24 semanas resistir a 3 paradas cardíacas, depois de ter lutado tanto para nascer. Estou aprendendo muito coisa com tudo isso, não sou mais a mesma Willyane, mas com fé e acreditando que Deus sabe de todas as coisas, eu vou seguindo. Eu sou pra sempre Willyane, mãe de Guilherme.

Anúncios

5 comentários em “Meu Guilherme, Meu guerreiro.!

  1. Eu sei como é perdi minha princesa Alice com 25 semanas de gestação e essa dor é enorme !!!!
    Mas sei que ela veio pra me ensinar muito e até hoje no meu silêncio ela me ensina, me calo porque ninguém entende o que sinto , acham que por ter passado 2 meses eu já devo ter esquecido. Então deixo eles pensarem assim e sofro calada como se a minha história tivesse ficado pela metade.

    Curtir

    1. As pessoas só que comovem na hora e depois pensam que “passou”, que VC superou e em nenhum momento se colocam no nosso lugar!
      Só sabe a dor aquele que sente! Sinto muito pela sua perda!

      Curtir

  2. Olá!
    Também sou mãe de um Guilherme, meu Gui!
    O meu também foi morar junto ao nosso pai celestial…
    Eu ouvia várias coisas que meu coração não aceitava, eu ouvia e imediatamente uma revolta me matava por dentro… Até o dia em que entendi que a morte é uma passagem e que eu vou reencontrar meu Gui novamente um dia! Tenho certeza disso! Eu sei que meu amor chega até ele, eu sinto!
    Ele sempre será meu Gui!
    E eu peço a Deus que seu coração e de seu esposo também encontrem essa serenidade, e que o Amor reine em suas vidas.
    Um grande beijo e um caloroso abraço de uma mãe de um anjo chamado Gui

    Curtir

  3. Tudo Comovente,tão tão triste.
    Mas tudo tão esperançoso .
    Uly sua Luz voltará a brilhar
    Está escrito por Deus.
    Te Amamos Prima.
    Fazenda Nova Esperança – Riachão do Jacuipe Bahia.

    Curtir

  4. Willy meu amor, a dor de perder um filho é insuperável mesmo, já passei por muitas coisas vc sabe e posso te dizer que nunca desista de seus sonhos como sei q vc não irá desistir. Vc é meu orgulho, mulher corajosa e determinada. Força minha prima e essa dor demora a passar, acabar não acaba já senti essa dor e sei que agente aprendi a conviver pq sabemos q temos Deus e tudo ocorre segundo a sua vontade.
    Te amo!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s