Milagre existe

Sou a Thazy.  A um tempo atrás enviei uma mensagem a vocês contando sobre minhas percas gestacionais.
Hoje criei coragem em enviar o email.
Tive 4 percas, sendo uma de gêmeos. Sofri muito na gestação da Emanuely fui dormir com ela se mexendo e acordei com a barriga dura e ela não se movimentava mais. Corri pra maternidade e mais uma vez ouvia o que tanto temia se repetir.
Mãezinha não tem mais batimentos.
O mundo novamente se abriu aos meus pés.  Passei exatos 21 dias com ela morta dentro de mim. Pois os médicos diziam;  seu corpo a expulsara. E isso não aconteceu. Toda semana ia a maternidade ver se meu colo estava abrindo e a cada consulta a esperança de ser um engano e ela estar viva. Mas não aconteceu.  Das 4 perdas foi a que mais sofri. Pois ela se desmanchou dentro de mim e nem um sepultamento consegui fazer. Não vi seu rostinho, nem seu corpinho.
Hoje sou mãe de um lindo menino.  Uma gestação nada fácil.  Tive descolamento de placenta. um hematoma . Com 27 semanas entrei em trabalho de parto. mas com a ajuda da equipe médica conseguimos parar o trabalho de parto.  Na 32° novamente entro em trabalho,  mas uma vez foi conseguido parar o trabalho de parto.
Tive crises convulsiva em toda gestação, muitas internações. Apliquei 262 vezes clexane em minha barriga.  Cesariana marcada para dia 21/11/2014 minha bolsa rompe no dia 15/ 11 / 2014 chego no hospital em trabalho de parto,  mas na hora da dor convulsiono. A cesariana de emergência foi realizada. Alexandre Henrique nasce com 47cm 3,100kg.
Hoje me falam. Nossa você foi muito louca em engravidar depois de tantas perdas. Não teve medo. Ainda bem que já conseguiu agora vê se não tenta mais.
Se eles soubesse que em cada perda uma força enorme nascia em mim. Me fazia lutar mais e mais. Não me arrependo de ter lutado. A recompensa é indescritível.  Não poderei mais engravidar, mas se pudesse não pensaria duas vezes em ter outro.
Um dia minha família estará completa.  As minhas princesas Emanuely e Andrieley com os príncipes Mikael, Alexander e Alessandro .
As mãezinha que hoje passam por essa dor, não desistam.  Lutem fale apena. Eu consegui vocês também irão conseguir.

Depoimento enviado pela mãe Taziana

Anúncios

3 comentários em “Milagre existe

  1. Oi querida fiquei emocionada com sua história de luta,perdi meu príncipe César com 28 semanas tive trombose placentária em janeiro ainda estou me recuperando e com muito medo de tentar novamente e sofrer outra perca, mais obg pela publicação de sua luta vejo que não estou só nessa luta e assim como vc quero ter forças para lutar por mais uma gestação afim do meu sonho , parabéns e em breve espero relatar minha vitória tbm bj.

    Curtir

  2. Minha filha nasceu com 24 semanas, viveu 10 dias ela me ensinou a ser mãe, é um amor sufocado que não posso expressar, eu preciso exercer o papel de mãe, e estou quase pronta para tentar novamente… Sonhando com esse momento de novo.

    Curtir

  3. Olá meu nome è Bruna e em Junho/ 2014 perdi meu filho por infarte de placenta com 30 semanas. Muita dor tem dias q a dor é pior! Mais tem dias q sabemos lidar + com a saudade. Descobri dps a trombofilia. Até hj ainda não tentei de novo. Mais tenho muito orgulho de ter sido a mãe dele. Ele esta enterrado junto com o bisavô.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s