Aos meus dois amores

Bom dia. Meu nome é Ina Guacira Camargo, tenho 52 anos, sou assistente social e quando tinha 32 anos e um filho de 12, engravidei novamente. Foi uma felicidade geral, principalmente quando descobrimos que era uma menina, ela seria a primeira na família. Ficamos todos muito eufóricos e começou as compras de todos aquelas roupas lindas de menina… quando fiz 7 meses de gravidez, tive um sangramento, fiz exames e nada de anormal. Eu morava no Rio de Janeiro e minha família no Sul, então, resolvemos por bem ir para o Sul, perto da família e de médicos conhecidos.

Quando completei 8 meses e 3 semanas, passei mal e fui direto para o hospital. Lá, foram feitos vários exames e nada. A médica me deu um relaxante e dormi. Quando acordei, senti uma dor profunda como se algo se rompesse dentro de mim e vomitei muito, sendo levada para o centro cirúrgico as pressas, pois tinha tido uma ruptura espontânea do fígado perdendo todo sangue em segundos e minha filha também… foram feitos várias tentativas, mas segundo os médicos eu não tinha chance nem uma de sobreviver como minha filha também não teve. Eu fiquei em coma por dias , minha filha foi batizada e seu nome era Taciana. Ela foi enterrada e depois de dias fui voltando com muitos problemas de saúde, mas eu só pensava no meu filho de 12 anos  e que precisava sobreviver por ele. Foi uma luta de três meses, mas consegui sobreviver. Saí do hospital, me recuperei e doei tudo da minha filha… foi dolorido e sofrido, mas consegui e segui minha vida. Criei meu filho e ele me deu um neto lindo, se formou, trabalhava e morava sozinho. Dia 20 de setembro de 2015, às 8 da noite, recebi a notícia que meu amado filho havia sofrido um acidente de moto e falecido na hora . Foi a notícia mais terrível da minha vida, de novo um pesadelo. Fui correndo para o Rio, sem acreditar que estava vivendo o mesmo sofrimento. Foram horas terríveis. Chegar na UPA, ver meu filho Rodrigo Camargo de 35 anos, lindo alegre, que amava viver, dentro de um saco preto, no outro dia passar o dia todo no IML esperando a liberação do corpo, o velório, o enterro. Não sei como sobrevivi a toda está dor. Meu neto de 11 anos vendo seu pai ser enterrado, dias de tristeza profunda, arrumando suas coisas, fechando seu apartamento, doando, vendendo, correndo atrás de pensão, DPVAT, seguro. Eu me sentia um robô indo de um lado para o outro, pois só pensava no meu neto, tudo para mim tinha acabado. Estou em tratamento psicológico e psiquiátrico, sem entender os desígnios de Deus, vivendo sem saber o porquê… sofro e choro sem entender o porque de tudo isso ,mas estou aqui há 5 meses e domingo, dia 21 de fevereiro, seria seu aniversário de 36 anos. Eu me pergunto como vou aguentar sem aquele sorriso maravilhoso, sem aquele abraço gostoso que sempre recebi dele!!! Esta é a minha história.

Anúncios

2 comentários em “Aos meus dois amores

  1. Ina, vc é um espetáculo de mulher e já está demonstrando que é quando expoe suas dores p que muitas nao se sintam únicas … Vc nos ilumina c o seu querer de continuar em pé,digna,ajudando na sua missao.Te amo

    Curtir

  2. Ina, você pode não acreditar, mas sobreviver a tudo isso te faz um ser único, que serve de exemplo para todas nós que somos mães. Imaginar sua luta é pouco. Continue sim contando com todo apoio e tratamento que estiver disponível ao seu alcance. Não desgrude de seu neto, um pedaço de seu filho e seu também. Ele é sua mola propulsora para seguir em frente sempre. Se apoiem um no outro, pois vocês precisam um do outro. E nós seguimos ao teu lado, te admirando, te amando estando por perto para quando você precisar! Amor e Luz para você e seu pequeno tesouro!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s